Outlander – 2×04 – La Dame Blanch

resenhas

“Venha me encontrar Jamie. Venha me encontrar. Nos encontre.”

79f53e6cbde8b0ada9415cedddb445b6
Claire acompanha Jamie em mais uma partida de xadrez com o ministro das finanças Monsieur Duverney, que pergunta qual seria o nome para a criança que eles esperam. O casal demonstra uma falta de sintonia quando Claire diz que se for um menino poderia se chamar Lambert como o seu tio, ao que Jamie diz ser um pouco inglês demais e pensa em Dalhousie em homenagem ao Castelo Dalhousie e por ser um nome bonito. Claire diz soar mais como um espirro, o que eu concordo que pareça muito.

Claire é observada de longe e com um olhar assassino pelo Conde de St. Germain (Stanley Weber) e começa a passar mal. Em casa e sentindo-se melhor, Claire acredita que possa ter sido colocada uma erva (a cáscara sagrada que provoca sintomas similares ao do envenenamento) no vinho que bebeu. Tal erva que Mestre Raymond vende para aqueles que procuram veneno, pela forma como o conde a olhava e também por tê-lo encontrado na loja de Mestre Raymond ela desconfia que seja dele a autoria. Jamie diz que fará com que ele sofra, mas Claire lembra que eles não têm provas e um escândalo afastaria o príncipe dele.

a-outlander-eipsode-4-2-VF-tagged-1
Jamie distrai Claire ao falar sobre a ideia de dar um jantar para o Duque de Sandringham, o que poderia ser a oportunidade de fazer com que o Príncipe Charles cometa erros e mostre como ele realmente é. Jamie percebe que Claire parece não gostar do plano, mas Claire diz que o problema é que ela está guardando um segredo dele e que Jack Randall está vivo. Bom a reação de Jamie foi realmente surpreendente, não somente para Claire como também para mim, pois Jamie acha que Black Jack estar vivo é realmente uma coisa boa porque significa que ele ainda pode um dia assistir a sua morte e ser o responsável por ela. Vejo um Jamie mais vivo e com muita sede de vingança.

Claire vai até a loja de Mestre Raymond e pergunta se ele vendeu a erva para o Conde de St. Germain, pois tentaram envenená-la e por consequência matar o seu filho, ao que ele diz que vendeu a um criado desconhecido e pede desculpas. Mestre Raymond leva Claire a um cômodo reservado onde mostra vários produtos místicos, mostra que sabe fazer truques de ilusionismo e Claire diz estar preocupada com o futuro de Frank. Então Mestre Raymond lê a sorte nos ossos e diz que não pode ver o seu destino, mas que não precisa se preocupar porque o verá novamente, e infelizmente sabemos que isso é verdade. Preocupado com Claire, Mestre Raymond dá um colar com uma pedra mágica que muda de cor na presença de veneno e assim espera protegê-la.

Conversando com Louise, Claire descobre que sua amiga está grávida do amante e pede ajuda para livrar-se do bebê, mas Claire adverte que essa medicação possa ser extremamente perigosa para ela também. Louise diz que seu amante é muito sonhador não havendo possibilidade de futuro para eles, então Claire aconselha a sua amiga se quiser ter a criança que faça com que o seu marido acredite ser o pai.

À noite Jamie volta todo animadinho para a sua Sassenach e Claire percebe mordidas nas coxas dele. Possessa, ela pergunta o que uma prostituta fazia mordendo ali? Jamie diz que uma dama como ela não deve estar familiarizada com o “termo 69”, Claire fala que sabe muito bem o que significa fazer “um 69” e Jamie tentando se explicar vai se complicando mais e mais, mas garante que não houve nada e que durante todo esse tempo depois de sua prisão, tortura e estupro em Wentworth procurou encontrar um caminho para retornar aos braços dela sem ver o rosto do maldito Black Jack. Hoje finalmente ao saber que ele está vivo e que assim poderá vingar-se, voltou a sentir-se como um homem por inteiro. Claire diz que tentou ser compreensiva e paciente todos esses meses em que ele mal a tocou, carregando sozinha o filho deles, em que eles mal falaram do bebê. Na verdade ambos se sentem sozinhos, a discussão continua e Jamie vai dormir em outro lugar.

Claire vai até onde Jamie está e em uma cena belíssima, ela fica nua e pede para que ele a encontre e assim eles se reencontram. Não sei como foi feita a cena para que Caitriona Balfe apareça grávida, mas Claire está maravilhosa e uma linda grávida. É um momento de reencontro do amor, volto a dizer: uma cena belíssima. Depois Jamie lembra que naquela fortaleza que ele construiu e que foi derrubada, a sua alma, como ele gostava de chamar, sentia-se nua, sozinha e tentando se esconder, mas que agora ela e o filho tinham construído um alpendre e um telhado para protegê-lo da chuva. Tão poético e lindo.

7ecd89701b9e6501d515aada7a2ef252
Nesse momento eles são interrompidos pela aparição inconveniente do Príncipe Charles que está de coração partido, pois a sua amante acabou tudo com ele. Claire e Jamie descobrem que a sua amante é Louise, decidem então usar essa informação em benefício próprio, convidando Louise e seu marido para o jantar na esperança de que o Príncipe Charles faça uma cena diante do Duque de Sandringham.

Chega o grande dia do jantar, mas Claire recebe um chamado urgente do hospital. Ela vai, mas garante que chegará a tempo para o jantar e Jamie pede que Murtagh e Fergus a acompanhem. Enquanto esperam por Claire, Fergus comenta com Murtagh as mudanças no comportamento de Mary ao que Murtagh diz não ter percebido nada. É Murtagh, aprenda com o pequeno Fergus como observar e conquistar uma mulher, pois como ele bem disse se você não mudar vai acabar morrendo sozinho com a sua mão.

Quando Claire e Mary Hawkins saem do hospital descobrem que a carruagem está quebrada, Fergus foi na frente avisar a Jamie e Claire decide ir à pé para não perder o horário do jantar. No caminho Mary confidencia à Claire que está apaixonada por Alex Randall, nisso são atacados por bandidos que batem em Murtagh deixando-o inconsciente, violentam Mary e quando vão atacar Claire a olham, a chamam de La Dame Blanche e fogem com medo.

Jamie está recebendo os convidados e tem a desagradável surpresa em receber o Conde de St. Germain e sua esposa que foram convidados pelo Duque de Sandringham que também é o seu sócio em seus negócios. Claire chega, conta a Jamie o ocorrido e insiste que o jantar deve continuar. Mais uma vez agindo com praticidade e sangue frio deixa Alex cuidando de Mary no quarto de hóspedes, veste-se para o jantar e coloca o colar que recebeu de seu amigo Mestre Raymond.

Durante o jantar o príncipe começa a beber e demonstra ciúmes por Louise, parece que o plano de Claire e Jamie finalmente vai dar certo, mas eis que Mary acorda assustada, descontrolada e foge com Alex atrás dela. A confusão que eles fazem desperta a atenção dos convidados que pensam que Alex está tentando estuprar Mary, resultando em uma confusão enorme com Jamie e Murtagh brigando com alguns convidados. Olha o jantar na casa dos Fraser foi muito animado e lembrou muito aqueles churrascos de família onde sempre tem o tio que bebe todas, as tias que ficam só fazendo fofoca, a sobrinha descontrolada, o pai querendo botar ordem em tudo e a mãe desesperada achando que vão quebrar a casa inteira. Antes de ir embora o Conde de St. Germain joga o seu veneno e diz para o Príncipe Charles que ele não deveria se relacionar com pessoas como Jamie e chama a polícia. O episódio termina de forma hilária com Fergus se fartando com o jantar abandonado, bem ao estilo “que o mundo se acabe desde que a minha barriga esteja cheia.”

Outlander-2x04

O episódio foi ótimo, animado, repleto de acontecimentos e emoções. Enfim, vimos Jamie e Claire se reconectarem de forma maravilhosa porque eles são melhores juntos. Como já disse amo vê-los felizes e espero ansiosa pelos próximos episódios, mas conhecendo Claire e Jamie sei que não será nada fácil para eles e nem tampouco para nós também.

Out¹:“Eu sou fascinado por coisas que não são deste tempo”, frase dita por Mestre Raymond. Realmente Claire o fascina, aliás fascina a todos. Seria ele também um viajante do tempo?

Out²:Louise: “Você quer dizer dormir com meu marido? Mas meu amante ficaria furioso.” – Pelo amor de Deus Louise, o que é que você viu naquele mimado e pedante do Charles?

Out³: – Sobre o Conde de St. Germain, estou simplesmente adorando esse vilão que além de lindo impõe uma frieza e maldade em cada cena em que aparece. Falando no conde, ele também entende dos paranauês das magias e sabia direitinho para que servia o colar da Claire.

Out4: – Não gosto do Duque de Sandringham, mas tenho que concordar com ele quando diz que Jamie é um homem que sempre consegue estar na moda independente do que esteja vestindo.

Out5: – Sr. James Fraser essa história das mordidas precisa ser melhor contada, assim como a história da La Dame Blanche porque quem não leu o livro não entendeu nada. E Claire tem muita paciência, porque se fosse comigo o couro ia comer. Tolerância zero pra saliências com as coleguinhas de bordel.

 Nota: começamos a publicar resenhas na segunda temporada em nossa página com colaboração da Ethel, confira a dela também:

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s