Outlander – 2×10 – Prestonpans

resenhas

“Quantos homens eu ainda teria que ver morrer na guerra?

Muitos e muitos mais”. – Claire Fraser

Knlxbtf

O episódio começa com Claire olhando para o corpo de um homem em decomposição e com ela se perguntando quantos homens ela tinha visto morrer na guerra. Ela constatou que a rebelião que ela e Jamie tanto lutaram para evitar estava bem próxima a eles; e que a única esperança para o casal é que de alguma forma eles poderiam mudar o resultado. Mas é claro que ela temia que isso não fosse possível, e quantos homens ainda  ela teria que ver morrer? Com certeza muito mais.

No conselho de guerra os oficiais jacobitas Murray e O’Sullivan parecem não entrar em acordo. Jamie explica que o campo que separa o exército escocês do inglês é um pântano, onde os homens podem ficar presos e virarem alvos fáceis. Os oficiais não entram em acordo e talvez a única concordância seja que as ideias do Príncipe Charles são ridículas. A reunião termina sem que eles cheguem a um consenso. Charles conversa com Jamie em particular e fala que soube que Claire está montando um hospital. Então Charles pede para que Jamie instrua Claire, que quando estiver cuidando dos feridos atenda os ingleses antes dos jacobitas. Parabéns Charles, com certeza é uma ótima ideia, imagina como os soldados escoceses ficarão felizes quando souberem disso? Com certeza vão amar!

Dougal diz que gostaria de provar a sua coragem ao príncipe. Ele monta em seu cavalo branco com os braços abertos e parte em direção ao acampamento inglês; e com os soldados escoceses olhando. Nisso os ingleses começam a se preparar para atirar, o Príncipe Charles pergunta quem é o extraordinário companheiro, Angus e Rupert bem orgulhosos falam que é Dougal Mackenzie, um amigo pessoal. Dougal percebe que o terreno é pantanoso o que dificulta o avanço do seu cavalo, os ingleses começam a atirar até que uma bala atinge a boina que ele está usando e deixa em sua cabeça um pequeno machucado. Quando Dougal retorna ao acampamento é aclamado como herói e fica surpreso quando um príncipe Charles emocionado o abraça e diz que se ele tivesse cem homens como ele a guerra terminaria no dia seguinte.

Claire está montando o seu hospital e reuniu um grupo de mulheres para que a ajudem, começa a treiná-las, a dar tarefas e orientações sobre limpeza, como manter baldes e vasilhas cheias de água usando somente a água do poço, cuidando para que sempre tenha água com mel, para manter a pressão dos feridos equilibradas.

CaitrionaBalfeasClaireRandallFraser-Episode2103

Em uma cena comovente Ross e Kincaid conversam que se algo acontecer com um deles, o outro herdará os seus bens pessoais e cuidará da sua família. Angus que estava observando os dois e de forma divertida, mas triste também fala ao seu companheiro Rupert que se algo acontecer ele vai deixar a sua espada, a sua adaga, a sua bolsa de couro com tudo o que tem dentro e mais outros “itens interessantes”.

Enquanto Murtagh está afiando a sua adaga, Jamie nota que algo o está incomodando e pede que ele desabafe. Murtagh diz que em uma invasão cada um tem um papel a cumprir e você se conforma que a invasão será um sucesso ou um fracasso dependendo das suas ações. Você é forçado a ferir um homem ou até matá-lo, e aí você vai encará-lo ao fazer isso, agora se você morrer, morrerá sabendo que a sua memória vai continuar viva no clã e ela terá um significado. Jamie diz que não pode dar palavras de conforto, que em Paris quase destruiu o seu casamento tentando evitar essa guerra, mas que ele falhou. A guerra tem esse poder de provocar medo em todos, até mesmo no mais corajoso dos homens.

Os homens estão prontos para partirem e Claire vai até eles para se despedir, ela diz que os ingleses não terão chances contra homens como eles. Angus pede um beijo para Claire e ela diz que deve ter outra mulher para dar um beijo de despedida. Rupert fala que não há nenhuma que o queira e Angus diz a Claire que amanhã ele pode estar estirado e sangrando até a morte; e odiaria pensar que ela negou o seu último pedido. Claire diz que ele é um “sem-vergonha” e o beija. Rupert diz que não irá se despedir já que nenhum deles irá morrer e quando se reencontrarem será para comemorar a vitória. Emocionada, Claire se despede de Murtagh e pede que ele cuide de Jamie, ele diz que sempre faz isso. Murtagh pergunta à Claire se nessa batalha eles serão vitoriosos, ela confirma e ele diz que precisam ir logo para vencer. Jamie e Claire se despedem com um beijo apaixonado e temperado com muito medo, angústia e dúvida por não saberem se irão se encontrar novamente, Claire olha para Jamie e diz: A caminho, soldado! – Incentivando-o assim a cumprir o seu papel de guerreiro.

As cenas das batalhas foram boas e de arrepiar, com muito realismo, bem feitas e com muito sangue mesmo. Foram intercaladas com as cenas das mulheres no hospital ouvindo os gritos e os sons da batalha. Ross chega ao hospital trazendo Kincaid, e ele está morto. A batalha continua sangrenta e a batalha de Claire também continua agora atendendo também os soldados ingleses. Rupert é ferido por um soldado inglês, Angus o salva matando o soldado, mas cai quando atrás dele acontece um disparo de canhão, mesmo assim ele carrega Rupert até o hospital para ser atendido por Claire. Ela cuida do seu ferimento. Claire diz que pode ser só uma concussão leve e pede que ele fique perto de Rupert e que não durma. Então, entra Jamie com Murtagh, Jamie está sujo de lama e sangue, ele procura pelo local até encontrar Claire, sorri e diz para ela: O dia é nosso, Sassenach. Os ingleses foram derrotados! Eles se beijam aliviados por ainda terem um ao outro e estarem vivos.

Essa cena foi linda porque quando Jamie entra procurando Claire, tanto Sam Heughan como Caitriona Balfe não falam nada, mas demonstram pelo olhar todo o medo, ansiedade e felicidade por estarem juntos novamente, depois o orgulho de Jamie como o guerreiro conquistador e a felicidade de Claire em ver o seu homem a salvo, bem sujo, mas quem se importa com isso? Eu com certeza não me importaria.

1MRbozq

Charles discursa e nesse momento Dougal chega interrompendo o príncipe gritando que a vitória é deles e que comecem a escrever canções sobre eles, então ele vê os soldados ingleses e pergunta por que é que estão cuidando dessa escória e diz que vai matá-los, Jamie o impede. Charles diz que aqueles homens são súditos do seu pai e que cada um deles é irmão de Dougal. Charles ordena que Jamie retire Dougal do exército imediatamente, pois não há lugar para ele ali. Jamie fala que Dougal Mackenzie é um verdadeiro guerreiro, apesar das tolices que diz e que para um exército triunfar precisa de todo guerreiro que acharem. Charles diz a Dougal que agradeça a Jamie e que não o faça arrepender-se desse ato de bondade. Dougal agradece a Jamie, mas sabe que o que ele está fazendo ao defendê-lo e também afastá-lo; e que é um plano digno do seu irmão Colum.

Dougal pergunta a Angus como está Rupert, mas Angus não responde e começa a passar mal. Ele está com uma hemorragia interna devido ao choque do disparo do canhão, Claire não consegue ajudá-lo e ele acaba morrendo em seus braços. Rupert se levanta com dificuldade e vai até Angus e pega a sua espada como antes Angus havia pedido.

À noite os homens estão comemorando a vitória e Murtagh diz que esperava que a comemoração fosse mais doce. Jamie diz que a guerra sempre é amarga não importando o resultado dela. Ele fala para Claire que ela estava certa sobre Prestonpans, ela concorda e diz que também deve estar certa sobre o desastre que os aguarda em Culloden. O episódio acaba com os homens cantando sobre estarem vivos e que devem beber a isso, pois quando estiverem mortos não haverá ao que brindar.

Esse episódio foi muito bom com muita ação e com um ótimo desempenho de Sam Heughan, Graham McTavish, Duncan Lacroix e Roman Berreux. Com a Caitriona Balfe eu chego até ser repetitiva em elogiar o seu trabalho.

A sequência da batalha alternando para o hospital foi uma ideia genial, pois sentimos a adrenalina e o medo dos guerreiros na batalha, como também a impotência e espera das mulheres no hospital. A trilha sonora continua sendo maravilhosa. E tenho que falar sobre uma das perdas que me marcou nesse episódio, quando Angus apareceu pela primeira vez na série eu já conseguia rir do seu jeito irritante, ele foi um dos personagens que foi apresentado de forma mais distante de como era apresentado nos livros, ao invés de ser o homem que tinha a função de proteger Colum Mackenzie e aplicar a punição. Ele e Rupert rapidamente tornaram-se uma dupla cômica e divertida, especialmente em relação a nossa Sassenach. Essa mudança do personagem fez com que a sua perda nesse episódio ficasse bem mais difícil de engolir, especialmente pela forma brutal e repentina que foi.

Adeus Angus com seus péssimos hábitos higiênicos, com seu irritante humor e sua paixão platônica por Claire, vá em paz e leve o beijo dela com você, e o meu também. Na postagem anterior, eu afirmava que diferente de Jamie e Claire estarem prontos, eu não estava e com certeza ainda não estou para o que vem pela frente.

z9WbpvO

OUT¹: Como é possível o Príncipe Charles tornar-se mais irritante e patético a cada episódio, como teria sido bom se Jamie seguisse o conselho de Murtagh e tivesse cortado o pescoço dele.

OUT²: Dougal Mackenzie conseguiu o feito de ser adorado e desprezado em poucos minutos. E ainda pronunciar a frase mais hilária do episódio: “E agora vou trocar minhas calças porque o herói do momento as sujou.”

OUT³: Fergus meu filho não era para você estar aí, eu gritei e quase morri quando te vi perdido na batalha e com medo, igual a tantos outros jovens escoceses ou ingleses. E quando a Claire quis te bater e depois o abraçou, eu senti como se fosse eu que estivesse ali, brava e agradecida por ver que seu filho mesmo depois de ter feito uma m****a, graças aos céus estava são e salvo.

Nota: começamos a publicar resenhas na segunda temporada em nossa página com colaboração da Ethel, confira a dela também:

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.

 


2 comentários sobre “Outlander – 2×10 – Prestonpans

  1. Eu tbm gostei muito desse episodio. Pois teve de tudo. Tbm triste com a morte do Angus e com raiva e preocupada com o Fergus. A interpretação e o trabalho de cada Ator ficou espetacular. Enfim Amo essa serie e cada vez fico mais apaixonada por ela.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s