Outlander: 3×08 – First Wife

resenhas

“Só conheci um amor na minha vida… que foi com você.” – James Fraser

outlander-season-3-episode-8-first-wife-review

Depois do incêndio na gráfica em Edimburgo, Jamie, Claire e o jovem Ian voltam para Lallybroch. Não é um regresso onde eles encontram os moradores de braços abertos para eles, afinal havia segredos e mentiras pairando sobre eles.

E é impressionante como eu sempre choro ou me emociono nos episódios que contam com a participação da atriz Laura Donnelly. A personagem Jenny é uma das personagens do  universo Outlander que me provocam mais sentimentos de dualidades, eu consigo amá-la e odiá-la ao mesmo tempo, e a atriz a interpreta brilhantemente.

Jenny não está apenas com raiva porque Jamie mentiu sobre o paradeiro do seu filho, mas ela está mais brava porque Claire voltou. E o jovem Ian para ajudar não consegue ficar calado e solta detalhes sobre o contrabando, o incêndio e o orgulho por sua tia Claire ter assassinado um homem.

Jenny não está apenas com raiva porque Claire esteve viva por todos esses anos, mas porque ela abriu uma ferida que nunca foi curada. E ela fala sobre isso para Claire, fala sobre o passado delas em Lallybroch, diz que a amava como uma irmã. Nós vimos nos primeiros episódios como Jamie foi afetado pela ida de Claire através das pedras para o seu tempo e Jenny viu bem de perto todo o sofrimento que o seu irmão passou, mas ele não foi o único que Claire deixou para trás, ela deixou cunhado, sobrinhos, amigos e a sua cunhada/amiga/irmã. É evidente que sabemos que Claire nunca quis ir embora, que não teve culpa e que nunca foi feliz sem Jamie, só que Jenny não sabia disso e dificilmente acreditaria se ela contasse toda a verdade, pois Jenny só conhecia aquela realidade que o mundo dentro de Lallybroch trazia a ela.

Quando Jamie conta para sua irmã sobre como ele pretendia morrer em Culloden e por isso deixou Claire em uma vila, depois ele soube que todas as pessoas na vila foram dizimadas; e por isso acreditou que Claire tivesse morrido também. Jenny questiona a credibilidade da história dele porque afirma que a mulher que ela conheceu e que buscou por ele até conseguir salvá-lo da prisão, não iria simplesmente fugir deixando-o para trás.

Caitriona Balfe e Laura Donnelly são atrizes fabulosas e souberam mostrar perfeitamente nesse episódio toda a hostilidade e a animosidade que Jenny guardava para Claire, como também a solidão, dor e reparação. Elas foram maravilhosas e merecem muitos aplausos por suas interpretações.

Quando Jamie e Claire estão no quarto, ele conta para Claire sobre como se sentia um morto vivo sem ela e que teve um lampejo de esperança quando estava preso em Ardsmuir e ouviu de um andarilho à beira da morte que havia um tesouro em uma ilha que era guardado pela La Dame Blanche. E que ele pensando que pudesse ser ela fugiu e foi nadando até a ilha, mas é claro que ela não estava ali, só que achou o tesouro escondido. Ele não podia voltar para casa com o tesouro porque os ingleses viriam atrás de sua família e também havia os homens a quem ele se sentia responsável. Eu gostei muito desse momento de flashback, pois senti falta dele no episódio 3 x 03.

Outlander Season 3 2017

Claire fala para Jamie que não estava em uma ilha, mas vivia à espera que ele a resgatasse e que às vezes ela quando ouvia um pássaro imaginava que era ele conversando com ela. Jamie falou para ela sobre os gansos-bravos onde um casal se une para a vida toda, durante a caçada se um caçador mata um o outro aparece para chorar pelo companheiro e assim tem que se matar ele também, senão ele irá sofrer até a morte. Aí eu pergunto, tem casal mais lindo e romântico que esses dois? Com certeza não.

Claire percebe que Jamie esconde algo e quando ele finalmente vai contar o seu grande segredo, a porta é aberta e duas meninas sendo uma delas uma ruivinha linda, entram chamando Jamie de “papai”. Olha se isso não foi um balde de água gelada naquele momento tão romântico entre eles, quando a mãe delas e esposa atual de Jamie aparece, aí sim é o tiro de misericórdia porque não é outra senão Laoghaire Mackenzie, a Coisinha Despeitada.

Sim, lembram da garota invejosa que dizia amar Jamie e que por esse amor armou contra a nossa Sassenach quase a levando à fogueira? Sim é a mesma e se no livro a minha raiva por saber que Jamie se casou com ela já foi grande, ver a cena tornou maior ainda. Ver o desgosto no rosto de Claire quando Laoghaire (Nell Hudson) surge pela porta, dispensa qualquer palavra. Caitriona Balfe esteve simplesmente divina transmitindo tudo o que Claire está pensando e sentindo naquele momento, porque ela não está somente chocada com a descoberta de que Jamie está casado, ela na verdade está pasma, porque a esposa é Laoghaire, traída com o fato de Jaime ter mentido para ela, arrependida e com o coração machucado por ter largado tudo e principalmente Brianna por ele, triste por talvez ter colocado em um pedestal um amor que julgou ser mais forte do que tudo. Com ciúmes e medo de que ele amasse outra mulher da mesma forma como um dia a amou. E Caitriona Balfe sem palavras e somente com olhares e expressões faciais conseguiu nos passar tudo isso.

Jamie conversa com a pequena Joan a linda Layla Burns, explicando que ama e sempre vai amar ela e a sua irmã Marsali, mas que a relação entre ele e a mãe delas não deu certo, que por uma graça divina a sua primeira esposa que ele julgava morta está viva e voltou para ele. Ah, eu tive vontade de dar uns bons tapas em Jamie, mas morri de amores com ele sendo pai para Joan.

Claire está ferida e tentando pegar as suas roupas para sair dali, quando Jamie surge tentando explicar que o casamento com Laoghaire foi um erro, que ele não liga para ela, Claire questiona que com duas filhas ele demorou muito para perceber isso. Ele rebate que as filhas não são dele e uma luta entre eles é travada regada por todo ressentimento, dor, saudade e ciúmes pela separação de 20 anos entre eles. E toda essa frustração que vem à tona é substituída pela explosão de um sexo vingativo que só não aconteceu porque Jenny jogou um balde de água sobre eles. Que cena foi essa, que entrega tiveram Caitriona Balfe e Sam Heughan, foi um dos momentos em que os senti realmente como a Claire e o Jamie dos livros, com todos os seus defeitos e qualidades, o jeito com que Sam mostrou uma raiva contida do animal pronto para explodir e Cait mostrando toda a sua indignação ao se sentir traída, simplesmente maravilhosos.

Claire descobre que foi Jenny quem mandou avisar Laoghaire sobre a sua volta e elas têm uma conversa definitiva onde Claire fala o que pode contar sobre esses 20 anos. Jenny acredita nela, mas sabe que ela ainda esconde algo e não sabe se pode um dia voltar a acreditar nela novamente. Quando Claire está indo embora e Jamie tenta fazer com que ela fique, mais uma vez admitindo que ele só amou ela em sua vida, eis que aparece uma louca Laoghaire armada tentando matar Claire e atira em Jamie.

OUTLANDER-S03E08-2

Rapidamente Claire age como a cirurgiã que é e remove com a ajuda do jovem Ian os chumbinhos do ombro dele. Depois com a melhor carinha de cachorro sem dono que caiu do caminhão de mudança, Jamie conta como foi voltar depois de anos na prisão, trabalhando em Helwater, com o coração partido por deixar Willie e sem ter nem ela e Brianna em sua vida, sentindo-se um estranho, solitário, sem vontade de viver e vendo em Joan e Marsali crianças que precisavam de um pai, em Laoghaire uma mulher que precisava de um marido para sustentá-la e daí ele se sentiu útil novamente. Se afeiçoou muito pelas meninas, mas a relação com Laoghaire não deu certo, talvez por problemas que ela carregava das relações anteriores, haviam brigas constantes e ela não suportava que ele a tocasse, então ele foi embora para Edimburgo. É claro que Claire se sentiu no lugar de Jamie, tanto nos anos de solidão que passou ao lado de Frank, bem como agora com seu regresso à Lallybroch e a forma como foi tratada. Foi emocionante através do relato dele ver que depois de tanto sofrimento ele conseguiu encontrar um pouco de felicidade longe de Claire, mas precisava ser com a maldita da Laoghaire? No livro Jamie não sabia que ela tentou matar Claire, mas na série ele soube e não há perdão para isso Ron Moore; e não me venha com o argumento da química entre Jamie e Laoghaire, porque Jamie tem mais química com a sua finada impressora Bonnie do que com a sua segunda esposa.

O advogado Ned Gowan aparece – é muito bom revê-lo porque sempre é um querido com a nossa Sassenach – e explica que o casamento com Laoghaire está anulado já que Claire nunca morreu, mas a ex segunda esposa quer que ele continue a ajudá-la financeiramente e é muito dinheiro. Jamie então tem o plano de resgatar o tesouro que está na ilha para trocar algumas peças e fazer o pagamento para Laoghaire, mas como não pode nadar por causa do ferimento, o Jovem Ian toma o seu lugar.

Enquanto eles observam o rapaz nadar até a ilha para resgatar o tesouro. Jamie fala que ela não consegue olhar para ele e Claire fala que não tem mais certeza de que eles devam ficar juntos e que talvez tenha sido um erro voltar, afinal, eles tiveram outras vidas nesses 20 anos e construíram relações. Mas Jamie sendo Jamie amolece Claire e todos nós que estamos do outro lado da telinha quando ele diz que as coisas nunca foram fáceis para os dois, que ele se desculpou, fez tudo o que pode para acertar as coisas e que o lugar dela é com ele, que foram feitos um para o outro – ai, ai Jamie – então, ele pergunta se ela arriscaria o homem que ele um dia foi pelo homem que ele é hoje, mas nesse momento eles notam um navio chegando à ilha e levando o Jovem Ian preso com eles.

OUTLANDER-S03E08-FIRST-WIFE-2

Foi um episódio ótimo e a forma como ele pode contar como se agarrou a esperança de reencontrá-la na ilha e de como voltou a ter vida com o carinho que ele sentiu pelas meninas, Jamie e o seu complexo de salvador que tanto amamos. Assim, como também foi ótimo colocar Jenny como uma antagonista para os dois como um casal. Eu posso não concordar ou gostar do que ela fez, mas a entendo (só gostaria que ela não entrasse e parasse aquele momento de sexo vingativo, porque estava tão hot), porque na cabeça dela mesmo Jamie vivendo em Edimburgo e aparecendo de vez em quando ele ainda aparecia, com Claire e com a devoção do seu amor por ela, dificilmente ela teria qualquer controle sobre ele e se ela voltasse a abandoná-lo com certeza o seu irmão não sobreviveria dessa vez.

Este com certeza foi o episódio em que tivemos os Fraser de volta, se mostrando realmente como são com todas as sua fraquezas e defeitos, e mesmo assim ainda se amando e aceitando. Tudo bem que o Jovem Ian queria viver uma aventura ao invés de ficar amassando esterco, mas pobre do menino. Jamie e Claire são eles novamente sem segredos, estão juntos e que venham as aventuras, porque estou muito ansiosa pelos próximos episódios e pela tal sopa de tartaruga.

OUT¹: Momentos em que tive vontade de matar Jamie:

Claire: Laoghaire? Ela tentou me matar.

Jamie: Você me pediu para ser gentil com ela. (Gentil, e não casar com a megera tolinho.)

Jamie: Eu sacrificaria a honra, a família e a própria vida para me deitar de novo com você, embora tenha me deixado. (Homem, Claire queria morrer com você em Culloden e não deixá-lo.)

OUT²: Amo a cada dia o Jovem Ian e a forma como ele criou esse vínculo com Jamie e Claire, eles são uma família e quero logo o bichinho resgatado.

OUT³: E o prêmio santo do ano vai para: Ian pai! Jesus que dureza ele ter que lidar com aquela mulher ardida e ainda bem que ele se fez ouvir e mostrar que ela era intrometida, que é claro queria a felicidade de Jamie, mas nem sempre a felicidade do irmão seria a felicidade que ela desejava.

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.

 


2 comentários sobre “Outlander: 3×08 – First Wife

  1. Meu Deus, que resumo perfeito! Ler me fez sentir a mesma “angustia” que sinto quando vejo as cenas! Vc descreveu perfeitamente a reação da Claire! Esse episódio é um dos meus favoritos (claro que ñ me conforme da Laoghaire! Meu Deus! A Laoghaire!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s