Livro vs Série – 4×09 – The Birds & The Bees

Queridas Sassenachs querem melhor jeito de fechar o ano do que com um episódio maravilhoso desse? O nono episódio chegou emocionando e distribuindo lencinhos. Mais uma vez, trazendo adaptações para a narrativa da série, porém apenas pequenas mudanças no contexto geral. Meu povo, esse foi o episódio mais fiel aos livros de toda a temporada! S2

Uma adaptação, já mencionada anteriormente e confirmada nesse episódio, Brianna pensa que Roger a abandonou na série quando descobre que ele partiu em um navio. Apesar da tristeza, segue com seus planos. No livro, ela sabe que ele prometeu voltar, e aguarda por notícias enquanto fica na casa dos pais. A adaptação tem seguido a narrativa da série, e se encaixado bem com a história contada lá. Veja um trecho da espera e preocupação de Bree:

— Você não ouviu falar de um homem chamado Wakefield, ouviu? Roger Wakefield?
Sinclair sacudiu a cabeça decididamente.
— Não, senhora. O próprio sr. James espalhou o recado de que, se esse tal aparecer, deve ser levado imediatamente a Fraser’s Ridge. Se esse Wakefield colocar o pé no condado, a senhora saberá tão depressa quanto eu.
Brianna suspirou e eu a ouvi engolir em seco, decepcionada. Estávamos em meados de outubro e, embora ela não dissesse nada, estava obviamente mais preocupada a cada dia. E ela não era a única; ela nos contara o que Roger estava tentando fazer e a idéia da diversidade de desastres que poderiam lhe acontecer na tentativa era suficiente para me manter acordada à noite.

Outra adaptação foi a viagem de barco, com todos juntos. Como na série o encontro ocorre em Wilmington, fez sentido a volta de barco, no qual várias temos conversas interessantes que ficaram muito bem na série, se adequam bem com a narrativa seguida. No livro, tais conversas não existem. Bree não revela o Handfasting a família, nem fica sabendo da história envolvendo Bonnet. O encontro acontece originalmente Cross Creek, e apenas Jaime, Ian, Fergus e Marsali estão na cidade, por motivos distintos da série. Claire tinha ficado na Cordilheira, para onde Bree segue com Jaime. Agora as cenas em si, os encontros, essas foram perfeitas e bem fiéis.

Outlander Season 4 2018

Os diálogos do barco serviram de plano de fundo para outra pequena adaptação. Ao contar a história do abuso para sua mãe, Brianna oculta o nome do agressor, assim como a aliança. Isso faz com que Claire conte a história incompleta a Jaime também, e quando Lizzie conta sobre o homem que viu ele já sabe que houve um abuso. No livro, temos pequenas diferenças. Primeiro, Jaime descobre sobre o abuso através de Lizzie, como na sequência da série, que só inverteu a ordem dos fatos, e toma sim providências com as próprias mãos. Brianna é totalmente sincera com a mãe e lhe entrega a aliança (a de ouro no caso, e esse também o momento que os leitores descobrem o que houve através de um flashback), porém quando as duas vão conversar com Jaime ele diz já saber da história pois Lizzie havia contado, ele apenas confirma com elas. No livro, Claire também não revela o nome do estuprador a pedido da filha. Vejo um pequeno trecho da conversa de Jaime com Bree:

— Oh, pa — ela disse, baixinho. — Eu sinto muito.
Ela permaneceu muito quieta, segurando a mão dele como se fosse uma tábua de salvação.
— Ah, vamos, m’annsachd — ele disse ternamente —, vai dar tudo certo.
— Não, não vai — ela disse, a voz fraca, mas clara. — Jamais poderá dar certo. Você sabe disso.
Ele olhou para mim por hábito, mas apenas por um breve instante. Eu não podia lhe dizer o que fazer, agora. Ele respirou fundo, segurou-a pelo ombro e deu-lhe uma pequena sacudida.
— Tudo que eu sei — ele disse à meia-voz — é que eu estou aqui ao seu lado, e sua mãe também. Não vamos deixar que seja envergonhada ou magoada. Jamais. Está me ouvindo?
Ela não respondeu, nem levantou a cabeça, mas manteve os olhos no colo, o rosto escondido pelos cabelos sedosos e cheios. Os cabelos de uma moça, abundantes e soltos. A mão de Jamie traçou a curva brilhante da cabeça dela, depois os dedos deslizaram pelo seu maxilar e levantaram seu queixo, de modo que seus olhos fitassem os dele.
— Lizzie tem razão? — ele perguntou delicadamente. — Foi estupro? Ela afastou o rosto e olhou para as mãos entrelaçadas no colo, o gesto uma confirmação tanto quanto o sinal com a cabeça.
— Não pensei que ela soubesse. Eu não lhe contei.
— Ela adivinhou. Mas não é culpa sua e jamais pense isso — ele disse com firmeza. — Venha aqui, a leannan. — Estendeu os braços para ela e puxou-a desajeitadamente para seu joelho.

Uma pequena adaptação, que vemos ser colocada principalmente para fazer sentido dentro da narrativa da TV, uma vez que no livro temos recursos para a apoiar o entendimento da história como um todo. Ah! Um ponto importante. Houve uma pequena fala cortada da conversa entre Claire e Brianna. Na série, muitos tiveram certeza que o bebê é fruto do estupro, mas não é bem assim. Nos livros, a paternidade é uma dúvida. É provável que essa dúvida seja trabalhada nos próximos episódios. Veja a frase cortada do livro:

Ela sorriu diante disso e um pequeno rubor subiu às suas faces.
— Não. Ele… hum… ele… ele…
— Oh, coito interrompido? Ela balançou a cabeça.
Inspirei fundo e soltei o ar através dos lábios contraídos.
— Há uma palavra — eu disse — para pessoas que dependem deste método de controle de natalidade em particular.
— E qual é? — ela perguntou, desconfiada.
— Pais — respondi.

Outlander Season 4 2018

Por fim, outra pequena mudança foi a emboscada contra Roger, que ao chegar a Cordilheira é recebido a socos. No livro, ocorre quase da mesma maneira, a única diferença é que temos um diálogo entre Roger e Jaime, que sim termina em socos e com Roger inconsciente. Retirada do diálogo, provavelmente, foi para dar mais emoção a cena. Confira o trecho do diálogo:

— Você deve ser o sr. MacKenzie — o homem disse. Não era uma pergunta. A voz era grave, mas baixa, pouco acima do farfalhar das folhas, mas Roger não teve nenhuma dificuldade em ouvi-lo.
— Sou — ele disse, dando um passo à frente. — E você deve ser… ah… Jamie Fraser? — Estendeu a mão, mas deixou-a cair rapidamente.
Dois pares de olhos fitavam-no friamente.
— Sou — disse o homem ruivo. — Você me conhece? — O tom da pergunta era notoriamente hostil.
Roger respirou fundo, amaldiçoando sua aparência deplorável. Ele não sabia como Brianna devia tê-lo descrito para seu pai, mas Fraser evidentemente esperava alguém com mais credibilidade.
— Bem, você… parece-se muito com sua filha.
O jovem fez um ruído sonoro de desdém, mas Fraser não desviou o olhar.
— E o que você quer com a minha filha? — Fraser moveu-se pela primeira vez, saindo da sombra das árvores. Não, Claire não exagerara. Ele era enorme, até uns sete ou oito centímetros mais alto do que Roger.
Roger sentiu uma pontada de alarme, misturado à sua confusão. O que Brianna teria dito a ele? Certamente, ela não podia estar com tanta raiva que… bem, ele descobriria isso quando a visse.
— Vim resgatar minha mulher — disse ousadamente.
Algo mudou nos olhos de Fraser. Roger não sabia o que era, mas o fez largar o chapéu e erguer um pouco as mãos em reflexo.
— Ah, não, não vai. — Foi o garoto quem retrucou, num estranho tom de satisfação.
Roger olhou para ele e ficou ainda mais alarmado ao ver as juntas ossudas e grandes dos dedos de sua mão, brancas pela força com que agarrava a pistola.
— Ei, cuidado! Não vai querer que isso dispare acidentalmente — ele disse.
O lábio do rapaz ergueu-se num esgar de escárnio.
— Se ela disparar, não vai ser nenhum acidente.
Ian. — A voz de Fraser não se alterou, mas a pistola abaixou, com relutância. O enorme sujeito deu mais um passo adiante. Seus olhos estavam fixos nos de Roger, azul-escuros e oblíquos. Desconcertantes como os de Brianna.
— Vou perguntar apenas uma vez e quero ouvir a verdade — ele disse, serenamente. — Você tirou a virgindade da minha filha?
Roger sentiu o rosto ficar quente quando uma onda de calor subiu do seu peito à linha dos cabelos. Santo Deus, o que ela dissera a seu pai? E pelo amor de Deus, por quê. A última coisa que ele pensara enfrentar era um pai furioso, querendo vingar a honra da filha.
— É que… ah… bem, não é o que você pensa — gaguejou. — Quero dizer, nós… isto é.. Nós pretendíamos…
— Sim ou não? — O rosto de Fraser estava a menos de trinta centímetros de distância, completamente impassível, salvo por algo que queimava, no fundo de seus olhos.
— Olhe… eu… droga, sim! Ela queria…
Fraser deu-lhe um soco, logo abaixo das costelas.
Roger dobrou-se ao meio e cambaleou para trás, arquejando com o golpe. Não doeu — ainda — mas ele sentira a força do impacto até a espinha. O sentimento que o dominava era de perplexidade, misturado a raiva.
— Pare — ele disse, tentando recuperar fôlego suficiente para poder falar. — Pare, pelo amor de Deus, eu disse que eu…
Fraser golpeou-o novamente, desta vez no queixo. Esse doeu, um soco fulminante, que arranhou a pele e deixou o osso do maxilar latejando. Roger saltou para trás, o medo transformando-se rapidamente em fúria. O desgraçado estava tentando matá-lo! […]
Roger ficou paralisado, depois caiu no chão como se sua espinha dorsal tivesse sido cortada. Passou-se uma fração de segundo antes de a dor atingi-lo, quando Roger teve consciência de um último pensamento, claro e frio como um pedaço de gelo. Meu Deus, pensou, eu vou morrer antes mesmo de ter nascido.

Então é isso meu povo. E vocês que acharam do episódio? Quantos litros de lágrimas vocês choraram? Curtiram a adaptação? Conta pra gente!!

4 - Os Tambore do Outono VU

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.

 


2 comentários sobre “Livro vs Série – 4×09 – The Birds & The Bees

  1. Eu adoro e vejo todos os post série x livro de vcs! Não pensem que vou falar isso como crítica, mas o texto está todo como Jaime e não Jamie. 😬 achei melhor avisar. Bjos!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi!! Eu particularmente adoro críticas, pois assim crescemos. Mas não entendi a sua. Como assim como Jaime e não Jamie? Não entendi… hehehe

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s