Outlander: 4×09 – The Birds and the Bees

resenhas

“Você é minha carne e meu sangue. E desde que você voltou para mim, eu estou achando que você é meu coração e alma também.” – Jamie Fraser

No episódio da semana passada, Outlander nos trouxe um momento terrível com o estupro de Brianna pelo odioso pirata Stephen Bonnet. Foi um momento difícil e angustiante de acompanhar, mas para mim foi mais devastador ainda ver no episódio desta semana, Brianna retornar ao seu quarto e tentar se limpar. O sangue escorrendo pelo rosto machucado, os hematomas pelo corpo, o sangue em sua anágua e isso era o que estava aparente; porque com certeza os machucados emocionais eram piores. Lizzie tenta consolar a sua patroa da melhor forma que pode, oferecendo qualquer ajuda, mas o que fica claro é que Brianna ainda não está pronta para receber qualquer conforto. O que ela realmente deseja é encontrar os seus pais.

Roger Lerdo Mackenzie – ainda não o perdoei por deixar Bree sozinha – acaba encontrando com Stephen Bonnet, que informa que o contrato de trabalho dele ainda não acabou e que ele deve fazer mais uma viagem. Sem ter muito o que fazer, ele pede para que o atendente da estalagem avise à Brianna que ele esteve a sua procura. Sinceramente não entendo qual o problema de comunicação de Roger, não seria tão mais simples avisar que ele foi a trabalho para a Filadélfia, mas que retornaria assim que desse para encontrá-la?

No outro dia Brianna descobre que Roger esteve ali e que embarcou em um navio, ela pensa que ele foi embora para o futuro por causa da discussão deles. Mais do que falta de comunicação, vejo que os dois personagens e o romance deles foram mal construídos infelizmente, afinal, é muita imaturidade você se dar em “casamento” e por uma discussão achar que o seu marido foi embora. Brianna tem um plano que é de ir a River Run e encontrar a sua tia Jocasta, porque talvez ela possa ajudar a chegar à Fraser Ridge.  Lizzie enquanto comprava passagens para River Run, fez algumas perguntas na cidade e voltou com ótimas informações sobre os pais de Brianna. Eles ainda estão na cidade depois de uma noite animada no teatro, onde a esposa de um escocês chamado Fraser, fez uma cirurgia de improviso em um homem bem na frente do governador. E é claro que Bree na hora sabe que só podia se tratar da sua mãe.

Brianna corre para o local onde Jamie Fraser foi visto pela última vez, e, então finalmente o grande encontro acontece. Sinceramente, este foi um daqueles grandes momentos de  Outlander e o qual eu estava esperando tanto. E a série não decepcionou. Eu fui às lágrimas. Foi lindo ver a maneira como o rosto de Jamie  se transformou ao tomar consciência do que estava acontecendo. No primeiro momento o seu rosto demonstrava um homem cheio de dúvidas com as intenções daquela moça, e depois foi possível reconhecer a emoção que trouxe lágrimas aos seus olhos, ao reconhecer e não conseguir acreditar que a sua filha estava em carne e osso diante dos seus olhos. E quando ele acaricia o rosto de Brianna e confessa que embora soubesse que ela já fosse crescida, ele sempre pensou nela como se ainda fosse uma bebê. E Brianna aceita a doçura daquele enorme escocês e cai em seus braços. Jamie a abraça e promete que tudo ficará bem. Ai meu Deus, tem como ser mais lindo e emocionante?

Com certeza tem, porque Jamie de repente percebe que Brianna ainda não se encontrou com Claire, e eles vão surpreendê-la e é claro que eles conseguem ter sucesso. O rosto chocado de Claire diz tudo nesta cena. Ela está chocada, sem entender nem como ou porquê, mas feliz por novamente encontrar a sua filha e que abraço feroz e emocionante foi esse de mãe e filha.

Bree avisa o motivo da sua viagem e entrega o obituário sobre a morte deles. Jamie Claire passaram a maior parte das suas vidas correndo contra o tempo e tentando mudar a história. Mesmo agora eles sabiam que o futuro reservava uma revolução, e agora a morte deles em um incêndio, mas decidiram se preocupar com isso quando a data se aproximasse. 

A família reunida e feliz partiu para Frasers Ridge, Bree conhece o seu primo o Jovem Ian que durante a viagem de barco conta sobre o encontro com Stephen Bonnet, como Jamie o ajudou e depois ele os roubou, assassinou um dos amigos deles na frente de Claire, levou a aliança de casamento dela  e Jamie jamais se perdoou por isso. E Brianna descobre que o homem que a estuprou foi o mesmo que atacou os seus pais.

Eles chegam à Fraser Ridge e encontram uma surpresa, Murtagh que foi se esconder depois de quase ser preso como líder dos Reguladores e assaltante. E a família está completa. Uma das melhores coisas desta temporada é ver como Jamie Claire estão em sintonia e em um nível de amadurecimento na relação deles. Diferente das outras temporadas, em que eles viviam correndo e sem tempo para as rotinas do dia a dia, nesta eles podem desfrutar dos pequenos prazeres da vida doméstica. Talvez não seja tão excitante quanto fugir de soldados ingleses, confabular tramas políticas na corte francesa ou enfrentar vilões, mas é prazeroso vê-los trabalhando e construindo Frasers Ridge. E mais ainda ver Brianna se adaptando a aquela vida doméstica junto de seus pais.

É claro que Brianna carrega muita dor e está traumatizada depois de tudo o que aconteceu com ela. Jamie e Claire percebem que algo não vai bem e concluem que seja porque Roger foi embora a deixando com o coração partido.

Jamie está feliz e orgulhoso com a filha junto deles, mas percebe que há uma distância enorme entre eles. Claire os observa e percebe que os dois parecem pisar em ovos com medo de um magoar o outro. Então, ela dá a ideia de Jamie levar Bree para caçar e aproveitar o dia para que eles possam se conhecer melhor. Claire é o elo de ligação entre pai e filha. Jamie acorda Bree ao amanhecer e a convida para caçar com ele. E eles vão em busca de abelhas para a abelha rainha ClaireEnquanto Bree e Jamie  caminham pela floresta, Jamie tem o seu momento com a sua filha, assim como ele teve com Willie, e passou  o seu conhecimento de caça. Jamie fala com Bree e tira algumas coisas do seu coração. Ele confessa que ele é muito agradecido a Frank por criá-la como sua filha quando ele não podia. Jamie também deixa claro de que gostaria que Bree ficasse e que esperava que se ela escolher ficar, que ela seja feliz em Frasers Ridge com ele e Claire.

Eles também decidem como Bree deve chamá-lo daqui para frente com Jamie dizendo que ela pode chamá-lo de “Da”. Bree pergunta se é gaélico e Jamie diz que só é simples. Ah, como foi doce esta cena entre pai e filha, e como essa caçada aproximou mais os dois, tanto que Claire logo percebe quando eles voltam e desfrutam de um favo de mel juntos. Gostei de toda a cena, só que confesso que desde que li, eu sempre imaginei Bree chamando Jamie de “Pa” como na tradução dos livros, mas que seja. Quero eles juntos e felizes.

E Claire tem o seu o instinto da mãe sinalizado dizendo a ela que algo ainda não está certo com a sua filha e enquanto as duas colhem ervas, Claire conversa com Bree que pergunta se ela ainda tem o poder de ler a sua mente. Claire olha para sua filha e pergunta de quantos meses ela está. Então Bree confessa que está grávida de dois meses.

Mas ela também confessa que o bebê pode não ser de Roger. E Bree finalmente confessa a sua mãe que ela foi estuprada. Claire fica horrorizada e faz o possível para acalmar e dar conforto para a sua filha. Elas se abraçam e choram. Meu Deus que cena foi essa? A dor e horror em descobrir que alguém machucou muito a sua filha; e que você não foi capaz de fazer nada para proteger o seu bebê, porque filho não importa a idade que tenha sempre será o seu bebê. Que angústia e emoção!

Claire conta a Jamie o que aconteceu com Brianna. Depois ela encontra a sua aliança de prata que foi roubada por Bonnet e confronta Brianna perguntando se ele foi o estuprador. Brianna confirma, mas pede que Claire prometa que não falará nada para Jamie para que ele não se sinta culpado pelo o que aconteceu.

Mas como a confusão e o mal entendido são companheiros de Roger, Lizzie vê quando ele chega à Frasers Ridge e conta para Ian e Jamie que Brianna era virgem que foi violentada, pois ela voltou machucada, sangrando e com o cheiro da semente de um homem. E que o homem que a levou pelo braço da estalagem estava de volta lá em Frasers Ridge, provavelmente para levar Brianna.

Jamie manda Lizzie para casa e pede para que não fale nada para Claire e Brianna. Ele encontra Roger e sem o pobre conseguir dizer uma única palavra, Jamie acaba com a raça dele. E poderia o ter matado se não fosse por pessoas que chegaram, ele pede para que Ian se livre dele, mas não o mate porque não quer que o rapaz carregue nas costas um assassinato. E assim o episódio termina deixando claro que muita confusão virá, que por causa da promessa de Claire para Bree, ela terá problemas com Jamie.

Foi o melhor episódio desta temporada. Cheio de emoção, tocante e lindo. Com frases dos livros e interpretações maravilhosas. Sophie Skelton está muito bem com sua Brianna e confesso que gosto mais da Brianna da série do que da dos livros. Sam Heughan que atuação fabulosa, simplesmente contou uma história completa com a sua expressão e o que falar de Caitriona Balfe? Simplesmente magnífica, ela se despe de vaidades e se entrega totalmente à personagem. O choque, o desgosto e o horror no rosto dela eram claros. Como somos sortudos por ter atores tão talentosos dando vida aos nossos heróis. Sobre o encontro entre Jamie e Bree, assistindo a cada minuto da interação entre pai e filha que eram desconhecidos que foram se aceitando e  se reconhecendo, esse encontro foi de pura emoção, amor e aceitação; me deixando emocionada demais.  Como também quando Brianna se abre com a sua mãe porque sabe que é lá naquele abraço onde ela pode encontrar o conforto e falar tudo o que a machuca. Um episódio lindo e emocionante demais. Ansiosa pelas confusões que virão, mas ao mesmo tempo com o coração na mão porque faltam pouco episódios para o final da temporada.

4 - Os Tambore do Outono VU

OUT¹: Lizzie toda apaixonadinha pelo Jovem Ian e o bichinho sem noção alguma pensando que ela acha Rollo lindo.

OUT²: Jamie olhando para Bree enquanto ela dorme e reconhecendo ele no rosto dela. Ele a chamando de “a leannan” e “m’ annsachd”. Ai meu coração como eu esperei por isso.

OUT³: O encontro foi emocionante e lindo, mas quando Jamie passa a mão no rosto de Bree, não teve como eu não pensar que ele não lavou as mãos depois do pipi básico. Com certeza o século 18 e a sua falta de higiene não é para mim.

OUT4: Brianna  e qualquer outra pessoa que tenha sofrido uma violência covarde. NÃO É SUA CULPA E NUNCA SERÁ. Sempre será dele. Você é a vítima.

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.

 


Um comentário sobre “Outlander: 4×09 – The Birds and the Bees

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s