Outlander: 4×13 – Man Of Worth

” Eu voltarei para você.” / “Ela é nossa filha, então é melhor você ter certeza.” – Frases de Jamie Fraser porque ele é um homem de valor.

Esta é a última resenha que escrevo desta temporada e nela finalmente o meu casal favorito, Claire e Jamie junto com o Jovem Ian chegam ao acampamento moicano depois de meses de viagem, e, descobrem que Roger ainda está vivo.

Os planos de conseguirem a liberdade de Roger através da troca por objetos e uísque, não dá muito certo quando reparam no colar que Claire está usando e que um dia pertenceu a um viajante do tempo conhecido pelos moicanos como Dentes de Lontra.

O viajante, Dentes de Lontra, alertou os índios contra o homem branco, na tentativa de evitar que o povo indígena fosse dizimado. Dentes de Lontra foi ignorado, deserdado e assassinado. A pedra que Claire usa como colar e que um dia pertenceu a Dentes de Lontras é visto como um mau presságio. Por isso, o chefe da tribo ordena que Claire, Jamie e o Jovem Ian vão embora.

Um grupo de índios segue Jamie, Claire e o Jovem Ian com o intuito de roubar a pedra de Claire. Depois que Claire conta como conseguiu a pedra e como viu o fantasma do índio, o grupo aceita ajudá-los a libertar Roger e Claire promete ajudar a preservar a memória do povo indígena.

Nada dá certo e eles são capturados. Jamie então pede que o Jovem Ian negocie com o chefe do povo moicano, afirmando que ele ficará no lugar de Roger. Mas o Jovem Ian surpreende ao se oferecer para ficar no lugar de Roger.

A despedida do Jovem Ian com o seu tio e depois com a sua tia, por incrível que pareça foi o único momento emocionante desta season finale. Será difícil não ver os doces olhos e as caras atrapalhadas do Jovem Ian. Ele trazia uma leveza para o dia a dia de Frasers Ridge, mas o Jovem Ian sempre demonstrou um fascínio pelo povo indígena e foi bom ver que ele estava feliz ao se sentir aceito pelos índios como um deles.

Roger e Jamie tentam resolver as suas pendências, há muita testosterona envolvida e depois de Jamie deixar Roger usá-lo como saco de pancadas, Claire conta o que aconteceu com Brianna depois que ele a deixou sozinha, sobre o estupro de Bonnet, a gravidez e que o filho pode não ser dele. Ela conta que eles precisam voltar para encontrar Brianna e pede para que ele decida se pode ou não aceitar que o filho seja de outro homem. Já falei muito sobre o casal Roger e Brianna – sobre como eles e o relacionamento deles foram mal construídos – e sinceramente, eu me sinto cansada com a forma como forçaram o casal e toda a história deles. Assim como essa dúvida em aceitar o filho que pode ser de outro homem. Afinal, Brianna foi estuprada depois de ser deixada sozinha por ele e Roger cresceu sendo criado por um pai adotivo, ele mais do que ninguém entende o que é ser amado por um pai, mesmo que não tenha sido ele quem o concebeu.

Em River Run, Brianna entra em trabalho de parto e com a ajuda de Phaedre, Joscasta e Lizzie, mas sem os pais ao seu lado dá a luz ao seu filho. Depois de dois meses Jamie e Claire se reúnem a sua filha e conhecem o neto. Quando estão partindo para Frasers Ridge, Brianna vê pela janela o seu Cara de Cachorro chegando sujo, peludo e provavelmente piolhento e têm um reencontro inspirado nos romances de época de Hollywood. E a season finale encerra com a chegada de uma carta do governador Tryon que ordena que Jamie cace e mate o líder dos Reguladores, Murtagh.

Uma season finale morna, lenta, sem emoção e irregular como infelizmente foi esta temporada. Até o sexto episódio a série parecia redondinha com Jamie e Claire construindo o seu lar, a partir do episódio sete, e, na minha opinião um dos piores episódios já escritos, e isso não pela inclusão de Laoghaire ou da santidade de Frank, mas pelo desperdício de um episódio inteiro onde Brianna poderia ter interagido com seu tio Ian e os primos em Lallybroch, e conhecido um pouco mais sobre o seu pai. E depois episódios inconstantes onde os protagonistas ficaram em segundo plano, ou só apareceram de relance.

São muitos personagens e como já havia dito, não tenho nada contra Brianna, Roger, o Jovem Ian, Lode John, Jocasta, Murtagh, Marsali, Fergus… eles são personagens ricos e com histórias interessantes que dão apoio à principal história que é sobre uma mulher que viajou pelas pedras e lá conheceu a sua alma gêmea. A minha paixão sempre foi por essa mulher corajosa, teimosa e forte que encontra o amor em um guerreiro selvagem e que é ao mesmo tempo um cavalheiro, e juntos eles constroem um relacionamento único de companheirismo.

Jamie e Claire são personagens complexos e únicos. E são a alma e o coração de Outlander. O que me faz continuar admirando, me apaixonando e querendo acompanhar a série é justamente ver o casal principal juntos construindo o seu lar. Porque eles juntos são fortes, corajosos, teimosos, leais, companheiros e parceiros lutando por aquilo que acreditam, sem jamais deixarem de se amar e respeitar. Ter Jamie e Claire como a alma e o coração de Outlander é ter paixão, aventura, sofrimento, alegria, emoção, revolta e um amor atemporal que supera a tudo e a todos. Assistir Outlander e notar que esses personagens tiveram a sua essência mudada é terminar com um gosto amargo na boca, ao perceber que a sua série favorita e mais querida, infelizmente tomou um desvio e que a season finale foi só mais um episódio morno e sem emoção, parecido com o de outras séries comuns.

Mas, eu continuo uma apaixonada por Outlander e espero que algo seja feito. Que os responsáveis pelas alterações percebam a grandiosidade de Outlander e que sem Jamie e Claire – a alma e o coração da história -, dificilmente ela possa continuar. É claro que novos personagens e histórias virão, mas a principal razão que faz com que eu ligue a minha TV e acompanhe a série, ainda é ver Claire e todo o seu empoderamento que junto com Jamie constroem a sua história de amor e vida.

OUT¹: Tudo muito corrido e frio nesse episódio. O parto foi decepcionante porque eu esperei muito Jamie amparando sua filha e Claire trazendo o neto ao mundo. Faltou também o abraço entre pai e filha, Jamie segurando emocionado o neto, assim como foi estranho ninguém falar sobre o sacrifício do Jovem Ian.

OUT²: O romance de Jocasta e Murtagh, era algo óbvio e que aconteceria com certeza, que sinceramente achei desnecessário ele ser focado neste episódio, com tantos outros momentos que foram deixados de lado.

OUT³: Outlander retorna em 2020 e eu me dou o direito de sonhar que os escritores pensem mais na série com carinho, que Claire tenha o foco merecido como a grande protagonista desta história, que Jamie seja o líder e o parceiro apaixonado que é; e que eles mesmo envelhecendo não tornem-se assexuados, porque não são. Por muitos momentos de Jemmy e Germain com os seus avós; e que por favor, não se esqueçam de Adso, o meu personagem animal mais querido de todos, senão a próxima temporada realmente será uma “Cruz“.

OUT4: Eu ri com Claire e Jamie olhando para Jocasta e Murtagh e shipo muito o casal. Mumu, sua fera sexual que não me decepciona!

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube e do Telegram!


2 comentários sobre “Outlander: 4×13 – Man Of Worth

  1. Essa temporada focou na Brianna e no Roger e eu detestei pq eles não tem química nenhuma. Brianna é independente, inteligente e trás todo o contexto da revolução sexual dos anos 60 e Roger é totalmente seu oposto, anacrônico e sem noção. Eu poderia escrever sobre cada episódio mas vou resumir essa temporada em uma palavra. Decepcionante.

    Curtir

  2. Nossa, eu to no episódio 11 e a série tá tão morna que acabei vindo na internet procurar algo…
    Realmente, eu esperava que mostrasse mais da interação entre Jaime e Claire e eles com Brianna…
    Acho que os diretores se perderam nessa temporada e espero que melhore na próxima.
    A Lizzie já pode sair por mim rsrs
    E espero que na próxima temporada quando não forem focar em J&C foquem em coisas interessantes!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s