Livro vs Série – 1×03 – The Way Out

Sassenachs, seguindo com nossa maratona de droughtlander, chegamos ao terceiro episódio: The Way Out. Um episódio que já apresenta adaptações diferentes dos anteriores, acrescentando cenas que só existem na série. Lembrando que vamos conversar sobre as mudanças mais impactantes para a trama, ok?

Já na primeira cena, na qual Claire se imagina contando toda a verdade para sra. Fitz, é um acréscimo que não existe no livro, e ali reflete as preocupações e anseios da nossa viajante.

Outra mudança que vale destacar é que, na série, Claire tem seus cães de guarda enviados por Dougal, que não existem no livro, ou não são visíveis pra quem lê ao menos. Um deles é Angus. No livro, ele é, na verdade, o homem de confiança de Colum, nunca saindo do lado do seu senhor. Quando Claire sugere a massagem a Colum, ele diz que Angus já a aplica todas as noites, seguindo orientações do antigo curandeiro. A adaptação do personagem deu mais dinamismo e humor ao grupo de Dougal; já a cena da massagem serviu para evidenciar as habilidades de cura da Claire. Confira um trecho de conversa entre Claire e Colum, quando ele apresenta a ela o consultório:

Observando seu avanço hesitante ao atravessar a sala estreita, eu disse:
— A massagem pode ajudar um pouco. Quero dizer, com a dor.
Captei um lampejo nos olhos verdes e por um instante desejei não ter falado, mas a centelha desapareceu quase imediatamente, substituída por sua expressão gentil de costume.
— Tem que ser feita vigorosamente — falei —, na base da coluna, especialmente.
— Eu sei — disse ele. — Angus Mhor faz isso para mim, à noite. — Fez uma pausa, manuseando um dos frascos. — Parece que a senhora realmente conhece um pouco da arte de curar.

Mais uma trama acrescentada foi toda a narrativa envolvendo a Igreja das Trevas, garotos possuídos e exorcismo. No livro, só vemos o padre Bean durante o julgamento do pequeno ladrão na casa dos Duncan, como na série. O restante foi criação dos roteiristas para colocar a Claire na lista negra do padre, além de aumentar sua fama como curandeira que, no livro, acontece organicamente. ‘Então eles transformaram o padre num vilão?’. Não, ele é intolerante no livro também. Seu encontro com Claire se dá mais a frente, de forma bem diferente da série. O sacerdote é atacado por cães, Jaime e Claire vem ao seu socorro, nossa enfermeira oferece para tratar as feridas e ele recusa. Guarde isso, vai ser importante em um livro vs série futuro. Confira o trecho:

Fui interrompida por uma terrível algazarra de gritos e latidos, vinda de fora do muro da horta. Corri pelo aguaceiro em direção ao muro, seguida mais lentamente por Jamie, mancando.
O padre Bain, o sacerdote da vila, vinha correndo pelo caminho, as poças d’água explodindo sob seus pés, perseguido por um bando de cachorros uivando e latindo. Atrapalhado por sua batina volumosa, o padre tropeçou e caiu, espalhando água e lama para todo lado. Num instante, os cachorros estavam em cima dele, rosnando e mordendo.
Uma mancha axadrezada saltou por cima do muro ao meu lado e Jamie estava no meio deles, desfechando golpes com sua bengala e gritando em gaélico, acrescentando sua voz à algazarra geral. Se os gritos e imprecações surtiam pouco efeito, a bengala era mais eficaz. Ouviram-se ganidos agudos conforme a clava golpeava a carne peluda e aos poucos o bando recuou, finalmente virando-se e debandando em direção à vila.
Jamie afastou os cabelos de cima dos olhos, arquejando.
— Maus como lobos — disse ele. — Eu já havia avisado Colum sobre este bando; é o mesmo que perseguiu Cobhar até o lago há dois dias. É melhor mandar abatê-los a tiros antes que matem alguém. — Olhou para mim enquanto eu me ajoelhava junto ao padre caído no chão, examinando-o. A chuva escorria das pontas dos meus cabelos e eu podia sentir meu xale ficando ensopado.
— Ainda não conseguiram — disse. — Fora algumas marcas de dentes, ele está bem.
A batina do padre Bain estava rasgada num dos lados, deixando à mostra uma coxa branca e lisa com um corte feio e vários pontos de perfuração que começavam a sangrar. O padre, lívido com o choque, tentava ficar de pé; ele, era óbvio, não estava gravemente ferido.
— Venha até o consultório comigo, padre, e eu limparei esses cortes — ofereci, reprimindo um sorriso diante do espetáculo que o padre gordo e baixo apresentava, a batina esvoaçando e revelando as meias com desenhos de losangos.
Nos melhores momentos, o rosto do padre Bain parecia um punho cerrado. Essa semelhança ficou ainda mais pronunciada no momento pelas marcas vermelhas que riscavam sua papada e enfatizavam as rugas verticais entre as bochechas e a boca. Fitou-me como se eu lhe tivesse sugerido que cometesse alguma indecência pública.
Aparentemente eu o fizera, porque suas palavras seguintes foram:
— O quê? Um servo de Deus expor suas partes pessoais às mãos de uma mulher? Bem, vou lhe dizer, madame, não sei que espécies de imoralidades são praticadas nos círculos a que está acostumada, mas lhe digo que isso não será tolerado aqui, enquanto eu for responsável pelas almas desta paróquia! — Com isso, virou-se e saiu batendo os pés, mancando fortemente e tentando, sem sucesso, segurar a parte rasgada da batina.
— Como quiser — gritei às suas costas. — Se não me deixar limpar esses cortes, eles vão inflamar!
O padre não respondeu, mas curvou os ombros rechonchudos e escalou a escada da horta, um degrau de cada vez, como um pinguim saltitando num bloco de gelo flutuante.
— Esse homem não gosta muito de mulheres, não é? — observei para Jamie.
— Considerando-se sua ocupação, imagino que não — respondeu ele. — Vamos comer.

Durante esse episódio podemos ter vistos alguns cortes, mas também ganhamos algumas tramas próprias, que complementam muito bem a série.

Por hoje é isso pessoal! Gostou do episódio e das adaptações? Faria algo diferente? Conta pra gente!

4 - Os Tambore do Outono VU

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Um comentário sobre “Livro vs Série – 1×03 – The Way Out

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s