Livro vs Série – 1×04 – The Gathering

Olá, queridas Sassenachs! Vamos debater mais diferenças entre o livro e a série na primeira temporada? Chegamos ao quarto episódio, The Gathering, no qual foi realizada uma adaptação geral para TV. O conteúdo é basicamente o mesmo, porém a ordem dos fatos é alterada, ampliando o drama. Temos também cenas inseridas só para a TV, tudo para adequar melhor a narrativa da série.

Damos início explicando a ordem dos acontecimentos no livro. Lembram que dissemos que a Claire não tinha os guardas a vigiando no episódio anterior? Por conta disso ela tenta fugir logo no início da noite, quando as pessoas já estavam distraídas com as preparações do evento. Dali, os acontecimentos são parecidos, ela esbarra em Jaime, eles são abordados por outros que os obrigam a voltar pro castelo e fazem Jamie realizar o juramento, que nosso ruivinho troca por uma promessa de honra. É só nesse momento que Claire vai para cerimônia e assiste tudo. Também não há uma explicação clara do porque Jaime foge do juramento naquele ponto do livro, ela vem futuramente. A série deixa as informações mais claras, além de mudar a ordem para acrescentar drama a fuga. Confira um trecho do momento em que Claire deixa o Castelo para tentar fugir:

Sentia-me mal por abusar da hospitalidade e da amizade dos habitantes do castelo partindo sem uma palavra ou bilhete de despedida, mas afinal o que eu poderia dizer? Considerei o problema por algum tempo, mas finalmente resolvi simplesmente ir embora. Para começar, eu não tinha papel para escrever e não estava disposta a correr o risco de visitar os aposentos de Colum para procurar.
Uma hora depois do anoitecer, aproximei-me da estrebaria cautelosamente, os ouvidos atentos a qualquer sinal de presença humana, mas parecia que todos estavam no salão, preparando-se para a cerimônia. A porta emperrou, mas cedeu com um leve empurrão, as dobradiças de couro permitindo que ela se abrisse silenciosamente para dentro.

E a cena com os homens abusados e o beijo de Dougal? No livro, ela ocorre em momento diferente. Após a cerimônia de juramento, todos já estão bêbados, e quando Claire se retira para seus aposentos é cercada pelos sujeitos, e é “salva” por Dougal, que cobra como taxa o beijo, agarrando a enfermeira. Depois, ele a deixa ir. As mudanças se encaixaram bem na série, complementando a narrativa da fuga.

Deste ponto em diante os fatos seguem bem alinhados com o livro, como caçada e morte de Geordie. Dougal realmente se impressiona com as habilidades médicas e compaixão da nossa enfermeira, porém sua decisão de levar Claire em viagem tem outra intenção, e ele deixa isso claro. Ele pretendia levá-la a Fort Willian para que ela (e ele também) obtenham informações sobre sua família com o comandante de lá. Eu sei, sua cabeça está maquinando agora, mas só vamos nos aprofundar nisso nos próximos episódios 😜.

Confira o trecho da conversa de Dougal e Claire:

— Vou partir dentro de dois dias — disse ele bruscamente. — E vou levar vocês dois comigo.
— Nos levar para onde? — perguntei, assustada. Meu coração começou a bater com força.
— Pelas terras dos MacKenzie. Colum não viaja, portanto cabe a mim visitar os locatários e rendeiros que não podem vir ao Grande Encontro. E para cuidar de pequenos negócios aqui e ali… — Fez um gesto amplo com a mão, descartando esses negócios como trivialidades.
— Mas por que eu? Por que nós, quero dizer? — perguntei.
Ele parou um instante considerando a pergunta antes de responder.
— Bem, Jamie é um rapaz muito útil com cavalos. E quanto a você, dona, Colum achou por bem levá-la até Fort William. O comandante de lá pode ser capaz de… ajudá-la a encontrar sua família na França.
Ou ajudar vocês, pensei, a descobrir quem eu sou realmente. E quanto mais estariam escondendo de mim? Dougal fitava-me, obviamente imaginando como eu receberia essa notícia.
— Tudo bem — respondi serenamente. — Parece uma boa ideia.
Externamente tranquila, por dentro regozijando-me. Que sorte! Agora não iria precisar fugir do castelo. O próprio Dougal me levaria por boa parte do caminho. De Fort William, poderia encontrar meu caminho sem maiores dificuldades. Para Craig na Dun. Ao monumento megalítico. E, com sorte, de volta para casa.

Durante este episódio houve ainda alguns acréscimos exclusivos. Um deles é a participação de Geillis, que se mostra muito mais presente do que ocorre no livro. É uma forma de criar uma ligação entre ela e Claire e, também, mostrar um pouco mais da personalidade da personagem. Outra cena bônus, que irá justificar alguns fatos no futuro, foi a poção de amor pedida por Laoghaire. Também vale destacar a forma como deram valor a Murtagh desde o princípio na série. No livro, ele não aparece nesse ponto. As interações de Jaime são principalmente com o chefe do estábulo, que tem pouco destaque na série. Por fim, uma participação muito especial, quando sr.ª Fitz está conduzindo Claire pelo salão, ela troca farpas com outra convidada que é interpretada por ninguém menos que Diana Gabaldon, genia criadora de Outlander.❤ Ron D. Moore, criador da série, também aparece quando a câmera passa pelos convidados no grande salão.

Então, isso é tudo por essa semana! Gostou do episódio? E das adaptações? Sentiu falta de alguma cena? Comente!

4 - Os Tambore do Outono VU

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Um comentário sobre “Livro vs Série – 1×04 – The Gathering

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s