Daily Line: Declaração da Independência

POSSUI SPOILER DO LIVRO 6 | Leia outros em Trechos da Diana

trechos da diana

#DailyLines #UmSoprodeNeveeCinzas #Consideramosestasverdadescomoevidentesporsimesmas #DeclaraçãodaIndependência #FelizQuatrodeJulho

Jamie os encontrou perto da colina Woolams, cinco homens a cavalo. Dois eram estranhos, dois eram homens de Salisbury que ele conhecia – ex-reguladores chamados Green e Wherry (ávidos Whigs). O terceiro era Richard Brown, cujo semblante era frio, salvo pelos olhos.

Em silêncio, Jamie amaldiçoou sua paixão por uma boa conversa. Se não fosse por isso, ele teria se separado de MacDonald como de costume, em Coopersville. Mas eles ficaram conversando sobre poesia – poesia, pelo amor de Deus! – E divertiram-se declamando um para o outro. Agora ele estava sozinho na estrada, levando dois cavalos, enquanto MacDonald, que não se sentia bem, tinha ido sozinho para floresta.

Amos Green lhe acenou com a cabeça e teria passado direto, mas Kitman Wherry decidiu parar; os estranhos fizeram o mesmo, olhando com curiosidade.

“Onde está hospedado, amigo James? ” Wherry, um Quaker, perguntou gentilmente. “Pretende ir na reunião em Halifax? Saiba que é bem-vindo para cavalgar conosco, e assim será. ”

Halifax. Ele sentiu uma gota de suor descer pela espinha. O encontro do Comitê de Correspondência para eleger os delegados do Congresso Continental.

“Estou indo encontrar um amigo estrada acima, ” ele respondeu cortesmente, com um aceno para o cavalo de MacDonald. Então, vou seguir em frente; talvez os alcance no caminho. ” Havia uma grande chance de isso acontecer, ele pensou, tentando não olhar para Brown.

“Não estou muito certo de que será bem-vindo, senhor Fraser. ” Green falava com bastante civilidade, mas com uma certa frieza nas maneiras o que fez com que Wherry o encarasse com surpresa. “Não depois do que aconteceu em Cross Creek. ”

“Oh? O senhor conseguiria assistir um homem ser queimado vivo, ou ser coberto com piche e penas? ” A última coisa que desejava era uma discussão, mas ele precisava dizer alguma coisa. Um dos desconhecidos cuspiu no chão.

“Não tão inocente. Se é de Fogarty Simms que estão falando. Um mísero conservador, ” ele acrescentou com uma reflexão tardia.

“Esse é o sujeito, ” disse Green cuspindo em concordância. “O comitê de Cross Creek decidiu dar-lhe uma lição; parece que o Senhor Fraser não estava de acordo. Foi uma cena e tanto, pelo que ouvi dizer, ” ele disse devagar, inclinando-se um pouco na sela para poder observar Jamie da sua altura superior. “Como já disse, senhor Fraser – o senhor não é muito popular neste exato momento. ”

Werry franzia a testa e olhava de um lado para o outro, para Jamie e para Green. “Salvar um homem prestes a ser coberto com piche e penas, não importa qual a sua inclinação política, me parece uma coisa bastante humanitária, ” ele disse asperamente.

Brown riu de forma desagradável.

“Pode ser que seja assim para você, eu acho. Mas não para outras pessoas. Você conhece um homem pelas suas companhias. Além disso, também tem a sua tia, não é? ” Ele perguntou voltando a falar com Jamie. “E a famosa senhora MacDonald. Eu li o discurso que ela fez – na edição final do jornal de Simm, ” acrescentou, repetindo a risada desagradável.

“Os hóspedes da minha tia não têm nada a ver comigo, “Jamie respondeu, esforçando-se para fazer com que o fato parecesse rotineiro.

“Não? E quanto ao marido da sua tia – seu tio, teria alguma coisa a ver com você? ”

“Duncan? ” Sua incredulidade estava bem evidente na sua voz, pois os estranhos trocaram olhares e relaxaram um pouco. “Não, ele é o quarto marido da minha tia, e um amigo. Por que estamos falando sobre ele? ”

“Bem, Duncan Innes é unha e carne com Farquard Campbell, e muitos outros legalistas. Os dois têm colocado dinheiro suficiente para lançar um navio na fabricação de panfletos pregando a reconciliação com a mãe-pátria. Estou surpreso que o senhor não saiba disso, senhor Fraser. ”

Jamie não ficou apenas surpreso, ficou estupefato com a revelação, mas escondeu seu sentimento.

“Um homem tem direito às suas próprias opiniões, ” ele disse com um encolher de ombros. Duncan deve fazer o que achar certo, e eu devo fazer o mesmo. ”

Wherry concordou com a cabeça, mas os outros o olhavam com expressões que iam do ceticismo à hostilidade. Ele não ignorou a reação dos companheiros.

“E qual é a vossa opinião, meu amigo? ” Ele perguntou educadamente.

Bem, ele já previa isso. De vez em quando, tentava imaginar as circunstâncias da sua declaração em situações que iam desde o vaidoso heroísmo ao perigo iminente, mas como de costume em tais questões, o senso de humor de Deus superava toda a sua imaginação. E, então, ele viu-se diante do compromisso irrevogável e público com a causa rebelde, apenas sendo incidentalmente obrigado a aliar-se com um inimigo mortal durante o processo, sozinho em uma estrada empoeirada, com um oficial da Coroa uniformizado, agachado nos arbustos, logo atrás dele, com as calças ao redor dos seus tornozelos.

“Eu sou a favor da liberdade, ” ele respondeu usando um tom que indicava um leve espanto pela dúvida que poderia existir quanto à sua posição.

“Será que é mesmo? ” Green o olhou bem sério e, então, ergueu o queixo na direção do cavalo de MacDonald, onde sua espada regimental pendia na sela, toda dourada e com os adornos brilhando ao sol. “Como, então, pode estar na companhia de um casaca vermelha? ”

“É um amigo, ” respondeu calmamente.

“Casaca vermelha? ” Um dos estranhos recuou na sua sela como se tivesse sido picado por uma abelha. “Como pode haver casacas vermelhas por aqui? ” O homem parecia estupefato olhando de um lado para o outro, como se esperasse que uma daquelas criaturas pudesse surgir inesperadamente da floresta, disparando mosquetes.

“Só há um, até onde eu sei, ” garantiu Brown. “Seu nome é MacDonald. Ele não é um soldado de verdade; aposentou-se com meio salário e trabalha para o governador. ” Seu companheiro não parecia estar muito seguro.

“O que você está fazendo com esse MacDonald? ” Ele perguntou à Jamie.

“Como já disse, é um amigo. ” A atitude dos homens mudou instantaneamente, do ceticismo e da leve hostilidade à ofensa aberta.

“Ele é um espião do governador, isso é o que ele é, ” Green declarou sem rodeios.

Nada além da verdade, e Jamie estava razoavelmente seguro de que metade do povoado sabia disso; MacDonald não fazia nenhum esforço para esconder sua aparência ou suas incumbências. Negar o fato era o mesmo que perguntar se eles achavam que Jamie era estúpido, dissimulado, ou as duas coisas.  

Houve uma agitação entre os homens, algumas trocas de olhares e, ao menor movimento, suas mãos buscavam punhos de faca e pistolas. Muito bem, pensou Jamie. Não satisfeito com a ironia da situação, Deus havia agora decidido que ele deveria lutar até a morte contra os aliados que havia declarado alguns minutos antes para defender um oficial da Coroa que acabara de se posicionar contra.

Como seu genro gostava de comentar: ótimo!

(Obrigada pela imagem da espada da cavalaria britânica (1788) de Rama, via Wikimedia Commons. Rama – trabalho próprio, CC BY-AS 2.0 fr https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=4340111

Fonte: Diana Gabaldon
Data de publicação:

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s