Daily Line: Nunca se esqueça

POSSUI SPOILER DO LIVRO 8 | Leia outros em Trechos da Diana

#DailyLines #Por11desetembro #Nuncaseesqueça

Não havia vigário ou pastor; ela era uma suicida, e aquele era um território sagrado apenas por respeito. Quando a última pá de terra foi depositada, nós ficamos quietos, aguardando, enquanto o vento forte agitava nossos cabelos e roupas.

Jamie suspirou profundamente e deu um passo em direção à cabeceira do túmulo. Ele rezou uma prece gaélica chamada O Lamento da Morte, mas o fez em inglês, em respeito à Fanny e Lorde John.

“Tu vais para casa esta noite, para a tua casa de inverno,

Para eles, a casa do outono, da primavera e do verão;

Tu vais para casa esta noite, para o teu lar perpétuo,

Para teu leito eterno, para o teu sono eterno.

Durma, durma e vá embora com a tua tristeza,

Durma, durma e vá embora com a tua tristeza,

Durma, durma e vá embora com a tua tristeza,

Durma, querida, durma no invólucro de pedra.

A sombra da morte repousa sobre o teu rosto, querida,

Mas a graça divina a manterá amparada;

Quando te aproximares da Trindade, dirás adeus às tuas dores,

Cristo está diante de ti trazendo a paz do Seu espírito.”

Jenny, Ian, Fergus e Marsali se juntaram a ele, murmurando todos juntos o verso final.

“Durma, durma na calma de todas as calmas,

Durma, durma sob a orientação de todas as orientações,

Durma, durma no amor de todo o amor,

Durma, amada, ao lado do Senhor da vida,

Durma, amada, ao lado do Deus da vida!”

Foi só quando nos viramos para ir embora que vi William. Ele estava do outro lado da cerca de ferro forjado que envolvia o cemitério, alto, sombrio na sua capa escura, com o vento agitando as pontas escuras dos seus cabelos. Segurava as rédeas de uma égua muito grande cujo traseiro era tão largo quanto a porta de um celeiro. Quando saí do cemitério segurando a mão de Fanny, William veio em nossa direção com o cavalo o seguindo obedientemente.

“Esta é Miranda,” ele disse para Fanny. Seu rosto estava pálido e esculpido pela dor, mas sua voz era firme. “Ela é sua, agora. Você vai precisar dela.” Ele pegou a mão flácida de Fanny, lá colocou as rédeas e fechou os dedos da menina sobre elas. Então, ele olhou para mim com mechas de cabelo soprando no seu rosto. “Você vai tomar conta dela, mãe Claire?”

“É claro que sim,” eu disse com a garganta apertada. “Onde você está indo, William?”

Ele sorriu espontaneamente.

“Não importa,” respondeu. E foi embora.

Trecho de “ESCRITO COM SANGUE DO MEU PRÓPRIO CORAÇÃO, Copyright 2014 Diana Gabaldon          

Fonte: Diana Gabaldon
Data de publicação: 11/09/2019

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s