Daily Line: Primeiro Domingo do Advento

POSSUI SPOILER DO LIVRO 9 | Leia outros em Trechos da Diana

#DailyLines #PrimeiroDomingodoAdvento #2019

Hoje é o Primeiro Domingo do Advento. Advento é o período antes do Natal, quando nos voltamos para nós mesmos, em orações ou contemplações, buscando a Luz que está dentro de nós e aguardando a grande Luz por vir.

(Trecho de VÁ DIZER ÀS ABELHAS QUE PARTI, Copyright 2019 Diana Gabaldon)

Rachel havia explicado o trabalho básico de uma Reunião de Irmãos aos participantes – que estavam sentados em silêncio, ouvindo o que a luz interior de alguém dizia, a menos que ou até que o espírito os levasse a dizer alguma coisa – quer fosse uma preocupação que gostaria de compartilhar, uma oração que quisesse fazer, uma música para cantar ou um pensamento que poderia querer discutir.

Ela acrescentou que, enquanto muitas reuniões começavam e terminavam em silêncio, ela sentia-se movida pelo espírito a começar a reunião de hoje cantando e, embora não tivesse a intenção de fazê-lo com a habilidade do Irmão Walter Cunningham ou do Irmão Roger, (os MacKenzies já haviam chegado, é claro, mas os Cunninghams não, o que não era nenhuma surpresa), se alguém quisesse se juntar a ela, ela ficaria grata pela companhia.

Uma boa porção de calor foi despertada com a música, e com a contribuição do Bluebell, todos ficaram em silêncio por alguns minutos. Eu pude sentir Jamie, ao meu lado, recompondo-se um pouco, como se tivesse tomado uma decisão, e ele falou à congregação sobre Sylvia Hardman, uma mulher Quaker que tinha conhecido por acaso em sua casa perto da Filadélfia e que cuidou dele por vários dias, já que suas costas haviam decidido deixá-lo incapaz.

“Além da sua grande gentileza,” ele disse, “fui tomado por suas filhas pequenas. Elas eram tão gentis quanto a mãe, mas era dos seus nomes que eu mais gostava. Paciência, Prudência e Castidade. Então, eu queria lhe perguntar, Rachel, os Irmãos costumam dar aos seus filhos nomes de virtudes?”

“Sim,” ela disse e, sorrindo para Jemmy, que começou a se mexer um pouco, ela acrescentou: “Jeremiah, se você não se chamasse Jeremiah, que nome escolheria? Se você recebesse um nome de uma virtude, eu quero dizer.”

“O que é virtude?” Mandy perguntou, franzindo a testa para o irmão como se esperasse que uma virtude brotasse momentaneamente.

“Algo de bom,” Germain havia dito a ela. “Como …” ele olhou duvidosamente para Rachel em busca de confirmação, …” Paz? Ou talvez, Bondade?”

“Exatamente,” ela disse, assentindo gravemente. “Qual nome você escolheria, Germain, enquanto Jemmy está pensando? Piedade?”

“Não!”, ele disse horrorizado e, em meio às gargalhadas, as pessoas começaram a propor nomes de virtudes, tanto para si quanto para vários membros da família, com explosões de riso ou, por uma ou duas vezes, discussões acaloradas sobre a adequação de uma sugestão.

Fonte: Diana Gabaldon
Data de publicação: 01/12/2019

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s