Brianna mata Bonnet em Outlander – eis o motivo por que Diana Gabaldon diz que foi um ato de “misericórdia” e não de vingança

Por Paulette Cohn @paulette49 | 26 de abril, 2020

Sophie Skelton, Caitriona Balfe
Sophie Skelton, Caitriona Balfe (Starz)

Agora que Jamie Fraser (Sam Heughan) está recuperado da picada de uma cobra e tanto sua perna quanto sua saúde estão intactas graças às mulheres da sua vida – Claire (Caitriona Balfe) fez a penicilina e Brianna (Sophie Skelton) inventou uma seringa viável – seus pensamentos estão mais uma vez focados na importante tarefa que tem pela frente: capturar e matar Stephen Bonnet (Ed Speelers) no décimo episódio da 5ª. temporada de Outlander.

“Stephen Bonnet é um homem muito, muito mau,” diz com exclusividade à Parade.com a autora de Outlander, Diana Gabaldon. “Toda a família Fraser/MacKenzie quer vê-lo morto. Então, ele é finalmente capturado … quem terá o privilégio de matá-lo?”

Ed Speleers as Stephen Bonnet Starz
Ed Speleers como Stephen Bonnet (Starz)

A lista de pessoas que quer ver Bonnet morto é longa e o clã Fraser/MacKenzie também está na lista e por uma boa razão. Ele roubou Jamie e Claire, deixando-os desprovidos depois que eles o resgataram de um enforcamento. Roger (Richard Rankin) foi obrigado a assistir Bonnet jogar mulheres e crianças ao mar para morrerem afogados durante sua viagem ao Novo Mundo. E ele estuprou Brianna.

“O caso de Brianna é, sem dúvida, o mais forte,” continua Gabaldon. “Entretando, seu pai do séc. XVIII e seu marido em treinamento no séc. XVIII querem fazer o serviço por ela, acreditando que matar alguém a sangue-frio não é algo que uma jovem de boa família deva fazer. A menos que ela realmente queira, é claro. Neste caso, ela tem todo o direito de cortar a garganta dele, enfiar a faca nas suas tripas ou encontrar alguma outra forma de eliminá-lo de acordo com sua vontade.”

Jamie fica surpreso quando Roger insiste em acompanhá-lo à Wilmington para participar da armadilha que eles haviam preparado para o pirata, e o Jovem Ian (John Bell) também concorda em participar da farsa, fingindo ser Alexander Malcolm, o comerciante que, supostamente, estaria lá para fazer um acordo, atraindo Bonnet.

“Bree tem seus valores do séc. XX totalmente sob controle e entende seus protetores masculinos o suficiente para saber que enquanto estavam totalmente dispostos a matar por ela, fazê-lo seria difícil para eles, talvez até tão difícil quanto seria para Stephen Bonnet,” continua Gabaldon.

Infelizmente, o plano para capturar e matar Bonnet dá errado quando Bonnet espiona Claire e Brianna em Wilmington. Então, ele envia seus homens para encontrar Alexander Malcolm e segue Claire e Bree até a praia, onde nocauteia Claire e sequestra Brianna.

Richard Rankin, John Bell, Sam Heughan Starz
Richard Rankin, John Bell, Sam Heughan (Starz)

É aqui que a coisa fica interessante porque na mente de Bonnet, ele realmente acredita que o destino sempre acaba o aproximando de Brianna – ele não endente que ela não vai superar o fato de que ele a tenha estuprado porque ele não acredita que foi um estupro – e ele pensa que eles podem ter um futuro juntos ao lado de Jemmy em River Run, que será herdada por Jenny após o falecimento de Jocasta (Maria Doyle Kennedy), uma ocorrência a qual Bonnet, é claro, ajudará a acelerar.

Brianna finge cooperar com Bonnet na esperança de que sua família tenha tempo suficiente para resgatá-la e ela quase consegue fazê-lo acreditar que está de acordo com seus planos quando ele pede que sua união seja selada com um beijo. Brianna dá o seu melhor, mas não é o suficiente para enganá-lo e ele se convence de que poderá conseguir ficar com Jemmy mesmo sem ela.

Enfurecido porque seu plano deu errado, Bonnet decide vender Bree como escrava ao capitão de um navio e é quando eles estão andando na praia para receber o pagamento que Jamie, Roger, Claire e Ian chegam e capturam Bonnet, sendo Roger quem realmente lutou com ele. Porém, é Brianna quem decide que eles devem entrega-lo às autoridades na esperança de que o Governador Tryon (Tim Downie), embora esteja em Nova Iorque, possa garantir que Bonnet seja punido por seus atos. Afinal, Tryon está em dívida com eles por ter quase matado Roger por engano.

“Brianna entende (conscientemente ou não) que uma razão importante para o envolvimento do governador é que ele assume uma identidade coletiva impessoal para a administração da justiça,” diz Gabaldon. “Então, a justiça poderá ser feita, mas sem os danos, a angústia ou o sentimento de culpa que podem resultar do fato de que uma única pessoa seja obrigada a denunciá-lo. O governo das colônias está começando a desmoronar, mas há muitos tribunais locais para condenar o fora da lei Stephen Bonnet por pirataria.”

Chris Donald, Sam Heughan, Richard Rankin Starz
Chris Donald, Sam Heughan, Richard Rankin (Starz)

E é aqui que temos outra reviravolta interessante. Enquanto a manteve presa na ilha, Bonnet confessou à Brianna o seu medo mais profundo: morrer afogado. Ele disse à ela, “O mar está faminto por almas.” E a pena de morte por pirataria na Carolina do Norte exige que o pirata seja amarrado a uma estaca em um rio de maré, para que se afogue lentamente quando a maré entrar, proporcionando assim um espetáculo edificante ao público e, possivelmente, um aviso a outros piratas.

“Ao longo da duas últimas temporadas, Stephen Bonnet contou tanto para Claire quanto para Brianna que ele tem um medo mortal de se afogar, e diz sempre ter tido um pressentimento de que morreria daquela maneira. Agora os seus medos se tornavam realidade,” aponta Gabaldon.

À medida que a água sobe, a multidão na praia se dissipa e, no final, vemos Roger com Brianna, que segurava um rifle.

“No entanto, Brianna não é uma mulher vingativa, e ela soube ouvir o pai quando ele lhe disse que a única maneira de encontrar a paz como que havia sido feito contra ela seria encontrar uma maneira de perdoá-lo,” acrescenta Gabaldon. “Ela tinha a intenção de fazer isso e foi até a prisão para lhe contar sobre o bebê, mas não aconteceu exatamente como ela esperava. Agora ela vai para o rio com um rifle nas mãos, sabendo que é a única pessoa no mundo para quem aquela morte não significa vingança, mas misericórdia.”

Sam Heughan, Caitriona Balfe Starz
Sam Heughan, Caitriona Balfe (Starz)

Enquanto ela mata Bonnet com um único tiro na cabeça, Roger vira-se para ela e pergunta: “Foi por misericórdia ou para ter certeza de que ele está morto?”

Então, foi por misericórdia? Você decide.

Sam Heughan passou por muita coisa ultimamente, e sua família Outlander está sempre ao seu lado.

Fonte: Parade

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube e do Telegram!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s