Daily Line: Início de outono

POSSUI SPOILER DO LIVRO 9 | Leia outros em Trechos da Diana

#DailyLines  #VáDizerÀsAbelhasQueParti  #Nãoaindanãoestáterminado  #Eudireiquandoestiver  #LeiaCLANLANDS  #Enquantoaguarda

Tinha sido um daqueles lindos dias do início do outono, quando o sol está brilhante, quente, a pino, mas que traz um frio insinuante ao amanhecer e quando as noites são frias o suficiente para fazer uma fogueira, quando uma boa colcha grossa e um homem com muito calor corporal na cama ao seu lado também são mais do que bem-vindos.

O homem em questão espreguiçou-se, gemendo, e retornou ao luxo do descanso com um suspiro e a mão na minha coxa. Eu toquei sua mão e rolei em direção a ele, desalojando Adso, que estava no pé da cama, mas saltei com um breve merda! de puro aborrecimento com esta indicação de que ainda não pretendíamos cair na imobilidade.

– Então, Sassenach, o que você fez o dia todo? – Jamie perguntou, acariciando meu quadril. Seus olhos estavam semicerrados no prazer sonolento do calor, mas focados em meu rosto.

– Oh, Senhor… – O crepúsculo parecia uma eternidade atrás, mas eu me estiquei e relaxei confortavelmente com o seu toque. – Apenas algumas tarefas domésticas, na maior parte… mas um homem chamado Herman Mortenson veio do moinho Woolam no final da manhã para ter um cisto pilonidal na base da coluna lancetado e removido. Eu não sentia um cheio tão ruim desde que Bluebell rolou na carcaça de um porco em decomposição. Mas, então – eu acrescentei, sentindo que esta poderia não ser a forma mais apropriada para iniciar um encontro agradável em uma noite de outono, – eu passei a maior parte da tarde no jardim, arrancando arbustos de amendoim e colhendo os últimos feijões. E conversando com as abelhas, é claro.

– Elas têm algo interessante para dizer, Sassenach? – A carícia se transformou em uma massagem agradável no meu traseiro, cujo efeito colateral me fez arquear as costas e pressionar meus seios levemente contra o seu peito. Usei minha mão livre para afrouxar minha camisola, pegar um seio e esfregar meu mamilo contra o dele, o que o fez agarrar minha bunda e dizer algo em gaélico.

– E, hum, como foi … o seu… dia? – perguntei, cedendo.

– Se fizer isso de novo, Sassenach, não vou responder pelos meus atos – disse ele, coçando o mamilo como se tivesse sido picado por um mosquito. – Quanto ao que fiz durante o dia, construí um novo portão para a pocilga de parto. Falando em porcos.

– PFalando em porcos… – repeti, lentamente. – Hum… você entrou no chiqueiro?

– Não. Por quê? – sua mão moveu-se um pouco mais para baixo, segurando minha nádega esquerda.

 – Eu me esqueci de contar porque você foi ao Tennessee para falar com o senhor X e o Coronel Y e ficou fora quatro dias. Mas eu subi lá – o chiqueiro era uma pequena caverna no calcário, bem acima da casa, – uma semana atrás, para buscar um pote de terebintina que eu tinha deixado lá para a desparasitação e, sabe como a caverna se curva para a esquerda?

Ele acenou com a cabeça, os olhos fixos na minha boca como se estivessem lendo meus lábios.

– Bem eu virei à esquerda e lá estavam elas.

– Quem?

– A própria White Snow, com o que presumo que fossem duas de suas filhas ou netas… as outras não eram brancas, mas tinham que ser parentes dela porque todas as três eram do mesmo tamanho: imensas. – A média de um porco selvagem era de cerca de um metro e vinte na altura de ombro e pesava pouco menos de cem quilos. A White Snow, que não era propriamente um porco selvagem, mas provavelmente o produto de uma raça de suínos domésticos criada para ganhar peso, era muito mais velha, mais gananciosa e mais feroz do que a média, e embora eu não fosse tão boa quanto Jamie para estimar o peso do gado, eu diria que pesava umas trezentas libras sem hesitação. Seus descendentes não eram muito menores.

(Trecho de VÁ DIZER ÀS ABELHAS QUE PARTI, Copyright 2020 Diana Gabaldon. Meus agradecimentos à foto de uma mamangava de Erin Maeve!)

Fonte: Diana Gabaldon
Data de publicação:

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal do Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s